03 dezembro, 2013

Xbox One no Brasil

Unboxing Xbox One / Kinect

No dia 22 de novembro de 2013 ocorreu o lançamento do Xbox One em 13 países, entre eles o Brasil (quem diria?). Comprei o meu em pré-venda online dia 22/06 e recebi no dia 25/11.

Fiquei muito contente pelo simples fato de o Brasil ter feito parte do primeiro grupo de países onde o novo console seria disponibilizado, algo que não é muito comum para nenhum tipo de lançamento de artigos de tecnologia, mas talvez isso seja um sinal de que estão começando a dar maior importância para o Brasil de uma forma geral.

Pré-venda no Brasil

Como era de se esperar as lojas brasileiras ainda não estão preparadas para lançamentos desse tipo. A maioria das lojas online não conseguiu entregar os aparelhos no dia do lançamento, mesmo tendo tido mais de 5 meses de período de pré-venda para planejar a logística. Olhando nas reclamações na internet ainda é possível encontrar pessoas que não receberam seus consoles quase 15 dias após o lançamento! E o problema não foi muito diferente nas lojas físicas, onde pouquíssimas unidades foram disponibilizadas e a maioria já estava vendida no dia do lançamento, fazendo com que muita gente interessada não conseguisse comprar.

Kinect

O novo Kinect (que agora não é mais vendido à parte e faz parte do pacote) sofreu um ENORME avanço. Meu Kinect anterior mora na caixa em que veio pois minha sala não tem espaço suficiente para que ele funcione corretamente e os comandos eram tão poucos, específicos e imprecisos que não justificavam seu uso. Este novo sensor em comparação é espetacular. Com ele é possível navegar por praticamente toda a interface do console usando apenas voz, exceto algumas telas específicas (configurações) ou para digitar textos. Tenho usado constantemente o Netflix sem o auxílio de controle algum e devo dizer que continuo surpreso com a qualidade do reconhecimento de voz. Aliás, navegar e comandar o console por voz é na maioria dos casos muito mais rápido do que utilizar o controle ou gestos.

Ele também é muito mais tolerante com relação à distância do sensor e posicionamento. Minha TV está colocada de lado com relação ao meu sofá e a uma distância bem pequena, mas mesmo assim o sensor me reconhece perfeitamente todas as vezes. Ao me reconhecer ele já me autentica e carrega minhas configurações, o que é fantástico.

Inteface e aplicativos

A inteface do novo Xbox é bem familiar para que já usa o Xbox 360 ou Windows 8, mas nesse novo console está bem mais próxima do esquema de tiles do Windows 8 e Windows Phone. A navegação é simples e intuitíva e o sistema responde com muita agilidade a todos os comandos e aplicativos.

A lista de aplicativos disponíveis no Brasil é menor que nos EUA, mas os mais importantes estão todos lá, tendo inclusive alguns nacionais: Netflix, Saraiva Player, Sky Online, Telecine, Vivo Play, Crackle, Machinima, Muu, SporTV, TED, Twitch e Youtube. Como no 360 é necessário ser assinante Live Gold para poder usar qualquer um desses aplicativos e nem todos estão no mesmo nível de qualidade (o Youtube por exemplo não responde direito aos comandos de voz e tem navegação bem ruim, mas o Netflix está excelente).

Além dos aplicativos acima temos o Internet Explorer 10, que roda de forma excelente e muito rápido, bem diferente da experiência encontrada no 360, onde ele já estava no limite do hardware. A experíencia de usar o IE no Xbox One é muito semelhante a versão “Metro” do IE no Windows 8, sem plugins mas com suporte avançado a HTML5 abas e até modo InPrivate.

Resumo

Por enquanto estou muito satisfeito e até impressionado com meu novo console. Este é apenas o primeiro post de uma série que estou preparando sobre os recursos suportados, jogos e funcionalidades da versão brasileira do console.

Nenhum comentário: