25 outubro, 2009

Versões Express do Visual Studio 2010

Faz bastante tempo que não utilizo uma versão Express do Visual Studio, mas decidi fazer isso com a versão beta 2 do Visual Studio 2010 para poder postar aqui o que dá e o que dá não para fazer com esse aplicativo, e deve dizer para vocês, estou bastante impressionado com os resultados até agora.

Mas antes de começar a falar da minha instalação vou falar um pouco sobre o que e para quem são as versões Express do Visual Studio 2010. A partir do Visual Studio 2005, a Microsoft passou a oferecer versões gratuitas mais simples e limitadas do Visual Studio para que qualquer pessoa possa desenvolver utilizando .NET, sem ter que arcar com os custos das versões comerciais. O foco dessas versões são hobbistas, iniciantes e estudantes, mas não há restrições de uso, podendo inclusive ser utilizados para desenvolvimento de aplicações comerciais. Para se ser uma idéia do poder e abrangência dessas versões, eu posso afirmar que teria sido possível utilizá-las na maioria das empresas em que trabalhei até hoje, sem nenhuma perda ou mudança na forma de trabalhar.

A suite Express da Microsoft é composta de 5 aplicativos que podem ser baixados do site http://www.microsoft.com/express/download (as versões express 2010 beta 2 estão disponíveis em http://www.microsoft.com/express/future). 4 deles são versões simplificadas do Visual Studio e a outra é uma versão simplificada do SQL Server (também com algumas limitações como uso de processador, memória e tamanho do database, mas sem restrição para uso comercial). As quatro versões do Visual Studio são:

Visual C++ Express Edition : Para desenvolvimento de aplicativos em código nativo ou .NET, recomendado principalmente para desenvolvimento de jogos.

Visual C# Express Edition : Para desenvolvimento .NET de aplicativos Windows, Console e Class Libraries utilizando a liguangem C#.

Visual Basic Express Edition : Para desenvolvimento .NET de aplicativos Windows, Console e Class Libraries utilizando a linguagem Visual Basic.

Visual Web Developer Express Edition : Para desenvolvimento .NET de aplicativos web, Silverlight e Class Libraries utilizando tanto Visual Basic quanto C#. Até o lançamento do SP1 para o Visual Studio 2008 esta versão express permitia apenas o desenvolvimento de Web Sites, ou seja, não era possível desenvolver Web Aplications, Class Libraries ou Silverlight. Para desenvolver aplicações web em várias camadas antes do SP1 era necessário utilizar o Express Web em conjunto com uma das outras versões (C# ou Visual Basic) para as class libraries ou fazer tudo dentro do mesmo projeto. A versão 2010 já vem com suporte nativo para desenvolvimento de Web Sites, Web Aplications, ASP.NET MVC 2, Silverlight 3 e Class Libraries.

Uma limitação que todos esses aplicativos Express têm é que não suportam a organização dos projetos em pastas dentro da solution, (limitação que o Expression Blend também tem), mas isso não costuma ser um problema.

O Visual Web Developer 2010 Express Edition me surpreendeu positivamente de várias maneiras. Ele é muito rápido e leve, suporta projetos em .NET 2, 3, 3.5 e 4, já vem com suporte nativo para desenvolvimento MVC 2 e tem uma superficie de design para Silverlight (não é mais apenas preview) que eu vou abordar em um próximo post.

Todas as versões do Visual Studio 2010, inclusive as Express, agora são feitas em WPF, o que lhes conferiu um visual renovado e mais clean. Quado abrimos o aplicativo aparece a página de startup, e as novidades já começam aí:

  • É possível travar os projetos na lista de projetos recentes para que estejam sempre disponíveis.
  • Há um checkbox no final dando a opção de fechar essa página após abrir um projeto (parece que leram a minha mente. Eu sempre quis essa opção).
  • É possível configurar um feed rss para aparecer na aba “Latest News”.

Abaixo é possível ver todos os tipos de projeto que podemos criar assim que instalamos o produto:

image

Como podem ver, isso cobre praticamente todas as nossas necessidades de desenvolvimento web.

Esta versão do Visual Studio também suporta as novidades de web deployment que foram demonstradas no webcast do MSDN que fiz em setembro.

Após ter fuçado um pouco eu decidi ver as opções de configuração disponíveis e acertar as configurações de quebra de linha de código C# e de atributos HTML e foi então que tomei um susto e fiquei desapontado. Ao clicar em Tools > Options, essa foi a tela que me recebeu:

image

Onde estavam as minhas opções? Será que isso havia se tornado mais uma limitação das versões Express? Após muito fuçar, me dei conta de um checkbox no rodapé da janela e, ao marcá-lo veio o alívio. Agora sim. Ufa.

image

Uma configuração que eu acho extremamente importante de ser feita (e não sei por que não é padrão) é fazer com que o editor de html coloque as aspas automaticamente quando eu estiver adicionando atributos em uma tag. Segue o print dessa configuração:

image

Outra agradável supresa foi que as novidades de Intellisense do Visual Studio 2010 também estão disponíveis nas versões Express. Se você não entende bem inglês, pode ver esse post do Scott Guthrie traduzido para português.

Por enquanto é isso. Vou brincar mais um pouco aqui e em breve posto mais detalhes e dicas com as minhas descobertas.

3 comentários:

Gabriel disse...

Gostei do novo Visual Studio tem muitas features novas só não gostei que o Tim Heuer falou que ainda não vai ter suporte a desenvolvimento SL2 e SL3 no VS10.

Instalei o VS10 numa máquina para testes assim que tiver um tempo vou dar uma fuçada, mas ficou bem mais rapido isso sim!!!
usa mais memória mais é mais rapido. (escolhi code optimized e habilitei separadamente o visualizador)

Uma coisa Kelps!
Quando vai colocar o código do REMIXER no CODEPLEX ein?
mudou alguma coisa do CD?

Pergunta como você faz validação de Input em formulários silverlight (como e-mail)?

Kelps Leite de Sousa disse...

Gabriel,
Acho que você está equivocado com relação ao desenvolvimento Silverlight no VS2010. Estou com o beta 2 instalado e ele suporta sim desenvolvimento SL3 e eu já vi um artigo sobre como instalar o SDK para que ele também suporte desenvolvimento SL2.

O que eu estou sabendo é que ele não vai vir com o SDK do SL2. Mas o 3 vai ser distribuido junto sim. Onde você pegou essas informações? No blog dele?

O que ainda não funciona é abrir a solution do VS2010 no Blend, mas até a versão final do VS2010 será lançada uma atualização para que o Blend suporte a nova versão da solution e arquivos de projeto do VS2010.

Sobre o Remixer, ainda não foi publicado no codeplex pois estamos aguardando a aprovação do juridico da Microsoft Brasil. Já fiz muitas melhorias no código (reescrevi quase tudo). Está bem mais limpo e funcional.

Sobre validação eu uso expressões regulares para casos como e-mail. Quando a gente faz binding com View Model, no setter da propriedade eu faço a validação e lanço uma exception quando dá erro. O binding se encarrega de usar o template de erro do SL3. Acho que vou fazer um post sobre isso.

Gabriel disse...

http://timheuer.com/blog/archive/2009/10/22/can-i-use-vs2010-for-silverlight-3-development.aspx

Ele fala isso:
So what about Silverlight 2 development?

You mean Sivlerlight ‘classic’? :-) Visual Studio 2010 does not support Silverlight 2 development. Yes I know in a previous post I showed multi-targeting with Silverlight 2 and 3. As it stands now though SL2 will not be a target for VS2010 development.

Queria ver como você faz para reordenar os items do container para busca e filtro.