27 fevereiro, 2008

Silverlight não é só para Internet

Entre minhas atividades como coordenador de desenvolvimento estão prever e gerenciar as alocações do time de desenvolvedores. Aqui na AgênciaClick essa previsão é feita mensalmente e a gestão deve ser feita, no mínimo, uma vez pos semana, para apontar possíveis problemas de alocação, ociosidade e orçamento.

Mensalmente é feito um levantamento de todos os projetos ativos e quantas horas aproximadamente cada recurso será alocado em cada projeto. Depois disso, semanalmente são validadas as horas da equipe, com a intensão de verificar as previsões serão cumpridas ou se há algum risco de serem ultrapassadas.

Acontece que esse trabalho de verificar se o andamento do time está dentro do previsto costuma ser feito manualmente, o que não é muito prático. Nós temos um sistema interno capaz de dizer quanto tempo cada um trabalhou em cada projeto, mas não temos nada para comparar essas horas com as previsões.

Então eu pensei, "eu deveria fazer um relatório, listando cada recurso e exibindo as horas previstas, realizadas e estimadas, para me ajudar a prever os riscos". Esse relatório ficaria mais ou menos assim:

 

Recurso

Horas Previstas

Horas Realizadas

Horas Estimadas

Recurso 1

148:00

97:21

147:55

Recurso 2

156:00

105:47

158:11

Apesar de já ser bastante útil e ter a informação que eu preciso, eu tinha que melhorar isso. Então o que eu fiz foi transformar essa informação em um gráfico e implementá-lo em Silverlight 1.1 (para depois migrar para 2.0, é claro). Abaixo tem um modelo de como estou planejando fazer o gráfico. Esse modelo ainda não está fechado mas a ídeia principal já está resolvida.

grafico

A barra verde representa as horas realizadas. A barra branca representa as horas previstas no começo do mês e a barra avermelhada representa as horas estimadas, se o profissional continuar trabalhando na mesma média de horas/dia. Há uma linha pontilhada vermelha que indica a quantidade de horas padrão para o mês em questão, contando os feriados.

A informação no gráfico fica muito mais clara e fácil de assimilar do que na tabela. Quase que instantaneamente é possível perceber se alguém vai estourar a previsão ou não, ou  quais pessoas irão fazer horas extras no mês.

Este, com certeza, será apenas o primeiro de muitos outros gráficos de apoio que serão feitos por aqui e eu espero que sirva de exemplo assim como lembrete de que usabilidade não vale apenas para sites e campanhas. No final das contas o seu usuário final pode ser você mesmo.

Até o próximo post.

Nenhum comentário: